*Ler , ler sempre , ler tudo !!! *

*Ler , ler sempre , ler tudo !!! *

segunda-feira, 9 de julho de 2018

*Resenha : Hibisco Roxo.





*Resenha do livro : Hibisco Roxo.

Autora : Chimamanda Ngozi Adichie.

Editora : Companhia das Letras.

     Este livro conta a história de Kambili , uma menina nigeriana de seus 15 anos de idade que é filha

 de Beatrice e Eugene e tem um irmão que tem o apelido de Jaja.O pai de Kambili é um famoso empresário

 e dono de um jornal ! A mãe, uma mulher submissa e Jaja , um adolescente observador e que possui forte

 personalidade.

    Trata-se de uma história que aborda temas significativos e recorrentes na nossa sociedade : violência

doméstica ; patriarcalismo ; corrupção ; fanatismo religioso ...

    Considerei interessante o contraponto que foi a criação por parte da escritora , a família de Ifeoma ,

irmã de Eugene ! Ela é uma professora universitária , viúva e mãe de três crianças : Chima , o caçula e os

adolescentes Ibiora e Amaka !

    Ifeoma leva uma vida familiar alegre e possui uma situação financeira bastante difícil ! Kambili e Jaja

notam com facilidade , de imediato , a diferença da vida material dos filhos da tia Ifeoma em comparação

com a vida deles !!!

    Gostei muito dos personagens secundários : padre  Amadi e o pai de Eugene  ! Fiquei imaginando quantas

histórias este último , um idoso com mais de 80 anos de idade , teria para contar para os netos !!!

    Sou católica apostolica romana e pratico a minha religião ; todavia , o fanatismo do pai de Kambili

e Jaja e as crueldades das quais ele era autor em nome de Deus , me fez odiá-lo  !!! Em algumas cenas

descritas no livro (leio livro eletrônico ! ) , parei , respirei e continuei a leitura ! Eram momentos

pungentes , excruciantes , dolorosos !!!

   Gostei muito do jeito alegre , moderno e esclarecido da tia Ifeoma e do lado objetivo , prático e

suscinto de Jaja !!!

   Este livro é muito bom e a leitura flui com facilidade ! Levei poucos dias para lê-lo , creio que

uns 08 dias , mais ou menos.

   Consegui no Google Translator a tradução de algumas das muitas expressões citadas na lingua Igbo ! Apenas algumas.

*Gostei muito deste trecho no qual Kambili  fala sobre os hibiscos :

"Era o começo da estação de chuvas , e as plumérias plantadas perto dos muros já preenchiam

a atmosfera do jardim com o cheiro doce e enjoativo de suas flores. Uma fileira de buganvílias

roxas , aparadas de forma reta e parecendo uma mesa de bufê , separava as árvores com seus

galhos retorcidos da entrada dos carros. Mais perto da casa , os coloridos arbustos de hibiscos

se esticavam e tocavam uns aos outros , como se estivessem trocando pétalas. Os harbustos de 

hibiscos roxos começacam a florescer lentamente , porém a maioria das flores ainda era vermelha.

Eles surgiam tão rápido, aqueles hibiscos vermelhos , apesar de Mama cortá-los com frequência

para decorar o altar da igreja e de as visitas sempre  pegarem alguns a caminho de seus carros. "

   Observei que na Universidade Federal da Nigéria , às vezes , também acontece dos professores tere

os seus salários atrasados e dos alunos protestarem quanto às más instalações da universidade , do

prédio.

   Quero ressaltar aqui , também , o trabalho de um jornal ! Se ele é contrário às algumas decisões do

governo , os jornalistas são perseguidos , ameaçados ... foi assim com o braço direito do pai da

Kambili no jornal.

    Bom , diverti - me com este primeiro livro da Chimamanda que eu li e já penso em ler mais um

livro dela : Americanah.


*Guaratinguetá , Julho de 2018.

sexta-feira, 29 de junho de 2018

*Resenha : "Os Quase Completos " - Felippe Barbosa.




*Resenha do livro "Os Quase Completos ".
Autor : Felippe Barbosa.
Editora : Arqueiro.


     

        "Os Quase Completos" narra a história de Otávio,

o "Quase Doutor" , Victor o "Quase Repórter " e Verônica

a "Quase Viúva " !

         Esta história fala sobre assuntos muito

importantes , digamos , até mesmo essenciais de nossas

vidas de uma forma leve, suave, lúdica !

         Gostei muito do Oitavo Reino , do engraçado

velho barbudo , o Barfabel e fiquei com muita vontade de

chupar uma das pastilhas de tutti-frutti do querido

Barfabel! 

         É o tipo da leitura que eu poderia sugerir para

os adolescentes e /ou os jovens que estão se preparando

para prestar o vestibular porque conta como é importante

que nós nos conhecemos e que sejamos honestos conosco

mesmos diante das nossas escolhas !

        Confesso que foi um livro difícil para eu ler

porque  eu esperava uma história densa , séria ,

dramática , pesada e a leveza com que ela foi narrada ,

deixou-me meio embaraçada ! Mas , com o passar das

páginas fui entendo tudo.

        Não posso negar que realmente vi-me retratada

na figura dos pais do Otávio ! Compreendi perfeitamente

porque eles queriam que ele fosse médico e se casasse

com Cila. É um livro que nos faz voltar no tempo - falo

de mim que tenho 58 anos de idade ! - e verificar se

realmente eu fiz as escolhas que EU queria de acordo com

a minha própria pessoa !

       Fiquei alegre por ter conhecido , lido o primeiro

livro editado por um escritor jovem na idade e na

profissão ! Entrarei em contato com o mesmo para

parabenizá-lo por este livro e para indagar sobre

qual será o próximo e se acaso ele pensa em criar uma

outra história com algum ou alguns dos personagens do

"Os Quase Completos " !


*Guaratinguetá - 29 / Junho / 2018. 


   

terça-feira, 10 de abril de 2018

*Resenha : "O Deserto dos Tártaros " - Dino Buzzati.




*Resenha do livro : O Deserto dos Tártaros.
*Autor : Dino Buzzati.
*Editora : Nova Fronteira.

Trata-se de um livro que fala sobre todos nós ! Pensei que eu não fosse gostar do mesmo porque na resenha que assisti no Canal Lidolendo , da querida e linda , Isa Vichi , ela nos diz que é uma leitura lenta , com poucas ações ! Todavia , terminei o livro sentindo-me emocionada , feliz , deveras satisfeita porque  Giovanni Drogo , o protagonista , narra a sua vida no Forte Bastiani e ... concluímos que todos nós temos muito de Giovanni Drogo e que a nossa vida tem muito de Forte Bastiani !!!
Giovanni Drogo é um militar , um tenente-oficial  que é nomeado para servir no Forte Bastiani que se trata de um forte abandonado , esquecido no meio do NADA !!! Em tempos remotos , o forte tinha a função de defender a fronteira do país contra a invasão dos Tártaros que poderiam surgir,  de repente,  na planície do norte !!!
Fiquei boquiaberta com o surrealismo , a realidade fantástica através da qual nossas vidas – de meros mortais – passa !!! Se formos honestos conosco , verificaremos , sem dificuldade ,  somos procrastinadores e ingênuos e acomodados como Giovanni Drogo !!!
Adorei as narrativas bem elaboradas , luxuosas , realmente dignas de um artista , que foram os relatos sobre o tempo , o amanhecer , o anoitecer , as montanhas , o céu :
“ ... e acima dos torreões amarelos irrompiam as lívidas rajadas da noite nascente.” (página 14 do e-book !).
“Entretanto ,  o sol se erguera e iluminava os cumes mais altos , só que sem o fresco esplendor das belas manhãs de outono. Um véu de caligem espalhava-se lentamente no céu sub-reptício e uniforme. “ – (Página 100 do e-book  – Vocabulário : sub-reptício significa de forma oculta ou dissimulada ).   

Alguns trechos também me marcaram muito , fizeram com que eu parasse a leitura por alguns minutos e pensasse na minha vida ( tenho 57 anos de idade , sou uma professora aposentada , sou mãe , avó ... ) :
“Tudo se esvai , os homens , as estações , as nuvens ; e não adianta agarrar-se às pedras , resistir no topo de algum escolho , os dedos cansados se abrem , os braços se afrouxam , inertes , acaba-se arrastado pelo rio, que parece lento , mas não para nunca. “ (Página 146 do e-book – Vocabulário : escolho significa , aqui , banco ou baixio formado de pedras no leito dos cursos dos rios ; substantivo masculino , neste contexto ! ).  
“... Drogo deu-se conta de que os homens , ainda que possam se querer bem, permanecem sempre distantes ; que se alguém sofre , a dor é totalmente sua , ninguém mais pode tomar para si uma mínima parte dela ; que se alguém sofre , os outros não vão sofrer por isso , ainda que o amor seja grande , e é isso o que causa a solidão da vida. “ – (Página 147 do e-book ).
O final me agradou,  realista , assim como todo o livro ! São poucas páginas  , apenas 185 e um livro MA-RA-VI-LHO-SOOOOOOOOOOO  !!! Recomendo.


*Guaratinguetá , 05 de Abril de 2018.




domingo, 25 de março de 2018

*Resenha : "A irmã da tempestade " - Lucinda Riley.




*Resenha :  “A irmã da tempestade “ ; (a história de Ally , vol. 2 da série “As Sete Irmãs” ).*Autora : Lucinda Riley.*Editora : Arqueiro.


A história de Ally nos leva  para o mundo da música : a família Halvorsen !!!É incrível constatarmos que tudo começou com Anna , uma moça de 18 anos de idade , camponesa , pobre, simples , pura , ingênua e que apreciava muito a vida ao ar livre e adorava cantar para Rosa , sua vaca , sua amiga do coração !!!Amei a personagem da Anna !!! Identifiquei-me muito com ela em alguns aspectos !!!A história de Ally , uma velejadora e flautista por passatempo na época da juventude , se passa na Noruega ! Pa Salt , teu pai adotivo , deixou uma interessante citação pra ela , um sapinho marron e a indicação da leitura de um determinado livro o qual  narra a história de Anna e Jen !!!Trata-se de uma narrativa tranquila , fluida , suave , prazerosa através da qual obtive alguns conhecimentos sobre o esporte de velejar , a música clássica e algumas expressões escritas nas línguas : norueguesa , alemã e francesa !!!Gostei muito do final !!! Lucinda Riley fechou com chave de ouro !!!Falando sobre a autora , lendo os agradecimentos que ela faz no final do livro , constatei como leva tempo , empenho , dedicação e dinheiro , inteligência para aprendermos tantas coisas para conseguirmos escrever uma história !!!Lucinda Riley já faz parte da minha lista de autores preferidos !!!*Recomendo a leitura dos livros dela e ... já estou pensando em como deverá ser a história do volume 3 da série “As Sete Irmãs “ , isto é , a história de Estrela D’Aplièse  , “A irmã da sombra  !!! “ Guaratinguetá – 24  / Março /  2018. 


domingo, 4 de março de 2018

*Resenha : A Revolta de Atlas - Ayn Rand . ( Volume 3 ).




*Resenha : A Revolta de Atlas .
Autora : Ayn Rand.
Editora : Arqueiro.
Volume 3.

Neste volume , Dagny fica sabendo quem é o destruidor e onde se encontram as pessoas desaparecidas !
Gostei muito do fechamento deste livro , desta ficção escrita por Ayn Rand ! Confesso que estou apaixonada por ela e já adquiri mais um livro dela para uma leitura futura ! (A Nascente ).
*Fiquei impressionada com a riqueza da narrativa ! Confesso que não foi uma leitura fácil para mim porque são insignificantes os meus conhecimentos de filosofia e história ! Aprendi bastante com Ayn Rand e senti-me “poderosa” por constatar que em alguns aspectos penso como ela e isso já faz alguns anos !
Ela narra de uma forma muito diferente ,  da qual estamos habituados a ler ,  as cenas de sexo , amor e ... é incrível como ela consegue tornar especial uma paisagem que a princípio nada tem de interessante , atraente , especial.
Ayn Rand tem como valor absoluto a RAZÃO e fundamenta a nossa sobrevivência no  conhecimento e uso devido da nossa MENTE ! Neste livro , ela nos convence da importância do pensamento , do conhecimento e da realidade como ela de fato se apresenta !
“A Revolta de Atlas “ narra a história de uma sociedade americana que quer escravizar os cérebros pensantes fazendo com que essas pessoas trabalhem para o governo de acordo com a política deles e escraviza os que não querem pensar afirmando que cada um terá o que necessita , não mais do que isso ! Resumindo : a pessoa não tem o valor que merece de acordo com a sua produção e capacidade !
A Revolta de Atlas é uma distopia que nos mostra claramente como a pessoa precisa se conscientizar que uma sociedade só evolui , progride quando a pessoa se vê livre e investindo nas suas melhores habilidades !
Ayn Rand gosta muito dos adjetivos !!! Sinceramente , não me recordo de ter lido um livro , uma história com tantos adjetivos !
Fiquei fã da protagonista ! Dagny é ótima ! Incrível a inteligência e coragem que ela possui.
Recomendo a leitura deste livro para quem já é leitor há muito tempo e gosta de filosofia e faz uma leitura calma , tranquila , devagar , atenciosa ! Não se trata de um livro fácil de ler ! Todavia , não somos mesmo os mesmos após a leitura dele !
*Minha nota ?! Dez com louvor !!!

*Guaratinguetá – 28 / Fevereiro / 2018.

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

*Resenha : "A Revolta de Atlas " - Volume 02.



*Resenha : “A Revolta deAtlas “ .
*Autora : Ayn Rand.
*Editora : Arqueiro.
*Volume : 02.

Neste volume, acredito que ocorre o momento máximo da distopia porque tudo começa a
cair , ruir , se desmanchar !!!
Wesley Mouch baixa um decreto ( de nº 10.289) e por causa do mesmo , as pessoas são escravizadas , ludibriadas e algumas se tolhem – de propósito ! – fazendo por onde trabalhar de   forma menos competente ... as pessoas começam a sumir , desaparecer ... as fábricas ficam abandonadas , as casas ... vazias ... um cenário de destruição , abandono , morte e Dagny e Rearden tentam sobreviver a tudo isso de uma forma magistral !!!
Sinto-me cada vez mais fã da Dagny !!! Mulher inteligente , ousada, porreta !!! Ela encara algumas situações de desamparo que não é brincadeira e o mais bonito nela é o amor que ela tem pelo seu trabalho e pelas pessoas que precisam dele !!!
A leitura deste livro está mexendo muito comigo ! Com certeza , não serei a mesma pessoa ao término do mesmo e ... daqui um ano, mais ou menos , pretendo relê-lo !!!


Guaratinguetá , 26 de janeiro de 2018.

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

* Livro recente do Gramático DOMÍCIO PROENÇA FILHO.


   *Vi hoje - 02 / Janeiro / 2018 -  no jornal "Folha de São Paulo " !